Depois de muito viajar com malas grandes e pesadas, e obviamente, reclamar bastante nas trocas de hotel ou cidades, eu aprendi que alguns detalhes podem fazer toda a diferença durante o passeio. Pensando nisso resolvi dividir com vocês algumas dicas do que levar e do que não levar, especialmente em viagens mais longas, onde se planeja visitar diferentes cidades.

MALA DE MÃO

malademaoEu vivo dizendo que vou diminuir o peso de minha mala de mão, tarefa nada fácil quando se carrega muitos artigos eletrônicos, livros, etc…Esse é um problema que deve ser administrado com um “packing list” das coisas que realmente você “acha”que vai precisar (caso alguma emergência aconteça), bem como medicamentos e peças extras de roupa.

Com o passar dos anos a minha mala de mão se tornou um artigo de sobrevivência. Além dos documentos, dinheiro, computador e máquina fotográfica (coisas que devem estar sempre com você), há ainda adaptadores (para os países que viajo com mais frequência), uma peça de roupa íntima, uma blusa (pois o tempo sempre pode mudar), uma pequena nécessaire com produtos de higiene (menores que 100ml), analgésicos e, principalmente, alguns medicamentos que fora do Brasil é impossível comprar sem receita. Acreditem, depois de pequenos acidentes de percusso, eu aprendi que não se viaja sem um bom anti-inflamatório e antibióticos.

 NA MALA PRINCIPAL

  • [highlight]Checando a temperatura[/highlight]

Como-organizar-as-malas-para-uma-viagem-2-630x320A primeira coisa que você precisa fazer poucos dias antes de arrumar sua mala é checar a temperatura do lugar que irá visitar. Com essas mudanças malucas no clima, nem sempre verão parece verão ou inverno é inverno! Eu que o diga. Já passei por situações inesperadas e ter que sair correndo para comprar uma blusa de frio ou de calor.

 

 

  • [highlight]Fazendo as escolhas certas[/highlight]

roupas classicasRoupas – Opte por peças e cores clássicas. Se você acha isso inaceitável, eu aconselho a abusar dos acessórios leves (que não fazem volume e dão um visual legal). Eu não viajo mais sem levar pelo menos uma camisa escura, uma branca e um vestido preto. São peças coringas e ficam bem em qualquer ocasião. Evite levar muitas calças jeans, pois elas pesam muito (duas é mais que suficiente). Se for extremo verão, eu aconselho a levar peças bem leves (como vestidos e camisetas) que não fazem volume na mala.

Nécessaire – Se você não vive sem seus cremes ou shampoos, melhor repensar seus conceitos antes de fazer uma longa viagem. Artigos de higiene pessoal são os que mais pesam numa mala. Eu prefiro comprar  quando eu chego,  como  mini shampoos,  condicionadores e hidratantes. No meu caso, levo comigo o estojo de maquiagem (com o essencial, claro!), mini perfumes e creminhos de rosto.

bagagem-de-viagemSapatos – Esse é o dilema da mulherada! Depois de carregar muitos sapatos nas viagens (eles ocupam um espaço absurdo, além de pesar muito), eu aprendi a reduzir o número para 3 pares: duas sapatilhas (uma mais arrumadinha) e um tênis. Se estiver muito frio, leve uma bota, um sapato e um tênis. Salto alto? Nem pensar. Você irá usá-lo uma vez (se usar) durante sua viagem e vai perceber que ele está ali desnecesssariamente. De mais a mais, sempre compramos “algumas” coisinhas.

 

Mala-de-viagem-para-carnavalExtra peso – Definitivamente você não irá querer viajar com uma mala de duas rodinhas! Depois de ter comprado uma “tonelada de coisas”,  não ter que puxa-la vai ser um alívio. Dê preferência aqueles modelos “extra light” e com quatro rodinhas, e nem preciso dizer porque…

 

 

 

ATENÇÃO ÀS REGRAS DE BAGAGEM

dicas-de-seguranca-para-bagagem-6Se você está voando dentro da Europa, a sua franquia de babagem é uma mala de 23 kg. Se irá fazer uma viagem internacional entre Europa, Asia e Estados Unidos, você não pode carregar mais de duas malas de 23kg. Entretanto, todo vôo internacional que  tenha origem no Brasil permite que você leve até duas malas de 32 kg cada, exceto para países da América do Sul, cujo limite é uma mala de até 20 kg. Algumas companhias, como American air lines, não estipulam limite para a mala de mão.

Outra dica super importante é analisar o contrato de sua passagem em caso de conexões para cidades brasileiras, quando você chegou de vôo internacional. Se os trechos forem comprados separadamente, dificilmente entrará na franquia do vôo internacional. A unica companhia que libera a franquia, inndependente de qual companhia você veio, é a Avianca. Fique atento para não pagar excesso de bagagem!