family travel

Quando as pessoas pensam em viagem em família, o primeiro cálculo é de multiplicação. A conta é sempre feita por dois, por três ou por quantos estiverem no passeio, certo? Certo, mas a matemática está errada. Talvez os menos experientes não saibam, mas na hora de viajar com filhos pequenos, pais ou avós, a economia pode ser maior do que se imagina, sendo possível gastar muito menos em hotéis, passagens, restaurantes e passeios durante a viagem. Claro que tudo vai depender da idade dos viajantes e, principalmente, das escolhas de quem está organizando.

  • Datas

A época pode ser determinante no valor final da viagem. Quando as crianças são pequenas há maior flexibilidade de datas, dando pra fugir das altas estações e férias escolares (quando os preços disparam). Aposentados também não têm esse problema de calendário. O ideal é escolher baixas estações (quando os hotéis oferecem pacotes promocionais) e, no caso de viagens curtas, optar pelos dias da semana que costumam ser mais em conta.

  • Companhias aéreas

A maioria das companhias aéreas oferece bons descontos nas tarifas para crianças ou mesmo isenção total. Até 02 anos de idade a passagem aérea normalmente não é cobrada e por determinação da ANAC, se os bebês forem transportados no colo, o valor não deve ultrapassar 10% da tarifa do adulto. De 02 a 12 anos, os descontos variam em torno de 33% podendo ser maior, dependendo da empresa. Nos meses de outubro, por exemplo, companhias aéreas e agências de viagem costumam fazer boas promoções. O bom é estar sempre antenado!

Em alguns países as empresas aéreas oferecem descontos para idosos. Aqui no Brasil ainda não há diferenciação, mas existe uma lei (sujeita a aprovação) que deve obrigá-las a dar 50% de desconto nos bilhetes para a terceira idade. Quem sabe um dia eles terão uma vida tão ativa quanto a dos europeus, hein?

  • Hospedagem

Fazer a reserva com bastante antecedência e estar atento às promoções das baixas estações é garantia de excelentes descontos para toda a família. Grande parte dos hotéis de alto padrão não cobra hospedagem para crianças de até 7 anos ou oferecem desconto (até 12 anos). É bom dar uma boa pesquisada na política de preços dos hotéis, que varia muito de um para outro. Pessoas com mais de 60 anos também possuem benefícios na hora de viajar. No Brasil há mais de dois mil hotéis que cobram metade do valor da tarifa, além de pacotes de turismo exclusivos para esse público. Que tal contar com a ajudinha dos avós e ter mais tempo para se divertir?

  • Passeios

Na hora da diversão quem leva a melhor também são  eles! Crianças e idosos quase sempre têm descontos nas atrações e passeios. Seja em teatros, shows, museus ou monumentos turísticos, crianças até seis anos geralmente não pagam e pessoas acima de 60 anos pagam metade. Aqui no Brasil alguns parques temáticos como Beto Carrero e Hopi Hari trabalham políticas especiais para crianças e idosos (vejam nos sites www.betocarrero.com.br e www.hopihari.com.br). O mesmo não se aplica aos parques da Disney. Já na Europa, por exemplo, os museus são gratuitos e há diversos passeios com preços diferenciados para crianças, adolescentes e idosos.

  • Cruzeiros

São uma ótima opção para viagens em família. Além da isenção total para crianças até 12 anos (cobra-se apenas as taxas portuárias), há cruzeiros com descontos especiais para passageiros acima de 55 anos e muitos pacotes voltados para o público senior. Os navios oferecem toda infraestrutura necessária para uma viagem inesquecível, bem como dezenas de atividades para todas as idades! Enquanto os adultos aproveitam os shows, baladas e  festas temáticas, as crianças dispõem de clubes recreativos,  área de lazer exclusiva e uma programação infantil que deve mantê-las ocupadas o dia inteiro.

  • Restaurantes

A dica é escolher restaurantes com menu kids, cujas porções são menores e os preços também. Há ainda muitos lugares que oferecem descontos para os pequenos (como churrascarias) e que isentam os crianças de até 05 anos.

Pesquisar, planejar e organizar…

Embora todas essas dicas sejam úteis, de nada vão adiantar sem um bom planejamento e uma boa pesquisa. Além disso, é importante lembrar que viagens em grupo precisam ter um roteiro bem definido e regras estabelecidas para que todos aproveitem sem fugir do orçamento. De mais a mais, posso garantir que há infinitas vantagens em viajar com a família e tenha certeza que elas vão muuuuuito além dos descontos ou condições especiais.

 

familia