panama

 

Vocês sabiam que a cidade do Panamá é conhecida como “Dubai das Américas”?

Mesmo conhcecendo um pouco de sua história recente e tendo assistido algumas matérias na TV, confesso que me surpreendi com a quantidade de  arranha-céus (ultra modernos), bem como a qualidade dos serviços nos hotéis e restaurantes onde estive.

A cidade dispõe de uma infraestrutura incrível, além de ter um povo bastante receptivo e sorridente.

 

O desenvolvimento econômico do Panamá nos últimos anos, significou uma mudança não só na cidade como em seus habitantes, que aceitaram bem as transições e interferências americanas.

 

predio parafuso

 

Só para vocês terem uma ideia, a única nota panamenha que eu recebi, a balboa, eu guardei de recordação. Isso porque o dólar americano se tornou a principal moeda do país.

Todas essas  mudanças na economia permitiram a construção de edifícios diversificados e modernos à beira da baía, que fica do lado oposto, da cidade antiga do Panamá (com cenário também oposto), o Casco Viejo. 

 

 

 

CASCO VIEJO

Como na maioria das cidades da América Central, a cidade do Panamá tem sua história contada a partir da invasão dos Piratas do Caribe.   A antiga cidade, que virou centro histórico/cultural do Panamá e patrimônio da UNESCO, foi fundada em 1673 pelos colonialistas espanhóis e igreja Católica, após a destruição da primeira cidade pelos piratas.  O Casco Antiguo foi construído sob fortificações – grossas paredes e sete baluartes- para protegê-la de novos ataques.

panama-city-casco-antiguoO que mais me chamou atenção foi a arquitetura colonial espanhola, francesa e italiana me dando a sensação de estar na Europa do século XVII.  O mais interessante é que muitas das edificações (algumas restauradas e outras em completo estado de abandono) conservam ainda suas estruturas originais. Salve salve os Piratas!! São  igrejas, casas, palácios e antigos hotéis em estilo neoclássico que hoje abrigam museus, restaurantes, lojas e residências de luxo. É lá no Casco Antiguo que fica o Palácio da Presidência, o que torna a área bastante segura, já que há uma grande quantidade de guardas nacionais nas imediações.

 

Depois que virou patrimônio da humanidade, o Casco Viejo se tornou uma área revitalizada e vibrante.

Sendo um  lugar turístico, você irá achar os preços nos restaurantes um pouquinho mais salgados que o normal na cidade. Aliás, a comida no Panamá é muito boa, embora eu seja suspeita pra falar porque amo o tempero caribenho.

 

La casa del mariscosO melhor prato de frutos do mar, eu não comi nas áreas turísticas, e sim  próximo ao centro num restaurante chamado La casa del Mariscos. A qualidade é excelente e o preço bem razoável, assim como os hotéis. Alias, se você quer uma experiência 5 estrelas, sem gastar muito, a cidade do Panamá é o lugar certo para suas férias. Gastando um pouco mais de cem dólares  é possível se hospedar em luxuosas redes de hotéis casino. Mas isso já é assunto pra outro post….