Geral do navio

Fazer um cruzeiro pelo Caribe é sempre uma experiência única. Agora imaginem flutuando a bordo do maior navio do mundo, o luxuoso e exuberante Allure of the Seas?

O gigante da Royal Caribbean oferece o que há de mais moderno em matéria de engenharia marítima e uma infinidade de opções de entretenimento fantásticas para os passageiros. São 362 metros e nada menos que dezessete andares, divididos em sete bairros com casino, restaurantes, cafés (como a primeira Starbucks em alto mar), bares, teatros, pubs e night clubs com atrações para todos os gostos e estilos.

Se situando….

Embarcar cerca de quatro mil pessoas não deve ser uma tarefa fácil, mas achei tudo muito rápido e tranquilo. Logo de cara se percebe o nível de segurança e, principalmente, de organização.

Com todos a bordo é hora de se situar. O primeiro dia é sempre um pouco mais agitado com grandes filas no Guest Service. É o dia pra você se familiarizar com o navio e saber o que faz parte ou não do seu pacote. Assim que chegar, veja a lista de restaurantes, cafés, serviços e atividades. Tudo que não estiver incluso, como bebidas alcoólicas, é pago com o cartão SeaPass, que você faz no momento do check in.

Todos esses detalhes estão no jornalzinho diário, onde está toda a programação das atividades do dia que começa logo cedo, com atrações para crianças (como apresentações e encontro com personagens da DreamWorks) e termina na madrugada, com shows de bandas, orquestras e artistas incríveis.

Shows e Musicais

O cruzeiro oferece espetáculos maravilhosos e de altíssimo nível para todos os passageiros. A dica é fazer de uma vez o booking da semana inteira no balcão de atendimento ao cliente, garantindo a presença nesses shows mais disputados.

Os teatros tem capacidades para milhares de pessoas. No Studio B, assistimos shows belíssimos de patinação no gelo, e no suntuoso Amber Theater vimos Chicago (um famoso musical da Broadway), e o espetáculo Blue Planet, uma espécie de Cirque de Soleil com balé acrobático e cantores sensacionais. O mesmo cast deste show faz ainda o Oceanaria, que assistimos no Aqua Theater, com saltos ornamentais e acrobacias na água. Fiquei muito impressionada com o nível de produção e qualidade das apresentações.

MEUS LUGARES FAVORITOS

O navio é maravilhoso em todos os sentidos. Como é praticamente impossível descrever todos os seus detalhes, eu selecionei alguns dos meus lugares favoritos do Allure of the Seas;

Promenade

Fica no quinto andar e é o lugar mais movimentado do navio. A sensação é de estar num grande shopping center, com diversas lojas (como Guess e Swarovski), pizzaria, pub, cafés e bares como o Bolero’s (onde há shows de música latina) e On air, com karaokê o dia inteiro. É na Promenade que acontecem as animadas “parades” e “festas de rua” como a 70’s Party Disco Inferno, com participação de milhares de pessoas.

Central Park

É um dos lugares mais tranquilos e bonitos do navio. Lá é perfeitamente possível se esquecer de que estamos navegando. Cercado de verde (com milhares de plantas de verdade) e sonorização de pássaros e grilos, o Central Park ainda têm cafés, restaurantes e bares super sofisticados.

Solarium

Fica no décimo quinto andar (o mesmo andar das piscinas áreas de esportes) e é um lugar restrito para adultos, com diversas jacuzis, um restaurante e um night club. Além da vista fantástica, o Solarium tem um projeto belíssimo de paisagismo e é ótimo para relaxar.

Dazzles 

Como eu adoro música ao vivo, a Dazzles virou parada obrigatória todas as noites, antes e após o jantar. Localizado no oitavo andar, o night club é lindo, com uma pista iluminada estilo anos 70, garçons divertidos e um palco para atrações todos os dias. Assistimos shows do Musik Express (uma banda de filipinos muito talentosa) e da Orquestra Allure of the Seas.

Blazze

Fica no quarto andar, depois do Casino Royalle. É uma balada de música eletrônica com Dj’s e que começa mais tarde. Era nossa parada final, após o tour pelos bares e night clubs.

Boardwalk

Fica no sexto andar e como o nome já diz, é uma área para caminhar a céu aberto, com inúmeras atrações para crianças como o carrosel, sorveterias, restaurantes e o Jhonny Rockets, o melhor e mais tradicional casa de hamburgers dos EUA.  É no Boardwalk que fica o teatro das águas.

EVITANDO SURPRESAS

Como é sempre bom se planejar e não estourar o budget, deixo algumas dicas para os futuros passageiros.

Passeios Offshore

Não faça as excursões do navio. Além do inconveniente de ter que sair e voltar na hora marcada, os passeios do navio são um pouco caros. Nas ilhas, o melhor é procurar os passeios locais ou contratar um motorista que faça o seu roteiro no seu tempo.

Gorjetas

São altas e obrigatórias. Minha dica é deixar as gorjetas pré-pagas no momento de contratar o pacote com a agência de viagens. O que geralmente acontece é que, mesmo que tenha pago antecipado, dificilmente você não deixará algum dinheiro para o camareiro ou garçons do seu jantar, que são os mesmos todos os dias.  Eles são tão legais e atenciosos, que é impossível não deixar uma caixinha.

Bebidas

As bebidas alcoólicas no Allure não são baratas. Minha dica é comprar um pacote de bebidas antecipadamente. Mesmo não sendo o melhor preço do mundo, pode ter certeza de que vai sair muito menos do que pagar por fora.

WI-FI

A menos que você precise muito de internet para trabalhar, melhor esquecer por uma semana facebook e instagram. A diária custa 60$ e o pacote 189$. Se eu fiquei sem internet todos os dias? Claro que não…Mas nem por isso eu trabalhei, é claro. Desculpem-me o atraso desse post, mas mesmo depois de chegar eu ainda não “aterrissei”, ou melhor dizendo, ainda não aportei.

Confira as imagens: